Preço, qualidade e quantidade

Não precisa de muito: só um cantinho e muita persistência
Não precisa de muito: só um cantinho e muita persistência

Há muitas editoras publicando quadrinhos (chego a pensar que há mais editoras que autores). O que quero dizer é que publicar ficou fácil, mesmo que você não consiga uma boa editora, há a auto-publicação (impressa ou online). Bem ou mal você consegue chegar ao público. Então o que falta? Faltam trabalhos de qualide, bons preços (poucos são aqueles que vão comprar o primeiro álbum de um autor por R$40 ou R$30, mas vai se arriscar se o mesmo não passar de R$15) e, não menos importante, a quantidade (o autor deve ter o compromisso de publicar sempre, o leitor deve ter a sensação de que uma nova história está sendo feita, e que aquele cara que assina a obra não é um mero quadrinista domingueiro). Em resumo: faça mais, melhor, sempre e barato. Você não precisa de muito para ser quadrinista, basta um cantinho e muita persistência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *