Vocação

“Vocação é diferente de talento. Pode-se ter vocação e não ter talento, isto é, pode-se ser chamado e não saber como ir.” – Clarice Lispector.

Cara, o que gosto mesmo de fazer, mesmo não sabendo fazer direito, é desenhar. Quando tinha 11 ou 12 anos, eu encontrei uma revista na banca que trazia uma seção sobre “como desenhar”, mostrando materiais de desenho e técnicas. Aquilo foi como descobrir um mundo novo e inexplorado que me acompanha até hoje. Talvez leve muito tempo para que eu seja um quadrinista profissional que trabalhe full time, talvez isso nunca aconteça, mas não consigo me imaginar não fazendo quadrinhos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *