Será que rola um impresso? Fobia e neuras…

Comecei a rascunhar uma pequena coletânea com as histórias curtas que venho publicado aqui e que ainda são inéditas no meio impresso. Estou enferrujado, eu sei, mas ainda lembro das teclas de atalho do Indesign (nos bons tempos, quando trabalhava com design editorial, cheguei a diagramar um livro de 300 páginas em pouco mais de 3 horas, inclusos gráficos e tabelas). Preciso elaborar a ilustração de capa, e lapidar um ou outro texto. Não é muita coisa. Até ai é só alegria, sinto-me em casa nessa função.

Mas, quando penso na logística pós gráfica, fico com um frio na barriga. Se o projeto vingar, será uma tiragem reduzida, 100, 200 no máximo. Mesmo assim, ainda tenho uma certa neura com o meu fracasso com a “editora” Losergraphics (bem, o nome já trazia consigo o inexorável destino), eventos e todo esse teatro que circunda o objeto impresso (banquinha em evento, release, correios, boletos…). Os tempos são outros, seu sei. Mas eu ainda sou o mesmo.

Mantenho-vos informados. Ainda essa semana coloco alguns desenhos que fiz num urbansketck (esse sim é um tipo de evento que me sinto mais em casa) e outros rascunhos para a próxima história. Até!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.