Tudo novo

Estou aproveitando as férias do trabalho formal para colocar algumas idéias no papel (jogar tf2, ver filmes e alguns animes também). Apesar do tão alardado crescimento dos quadrinhos em livraria, estou mesmo é com vontade de fazer uma webcomic (tenho ensaiado com os demônios, mas ainda não cheguei ao formato ideal). Eu compro os quadrinhos que gosto, mas acho absurdo os preços praticados e creio que os preços sejam proibitivos para boa parte do público em potencial. Quero que mais pessoas leiam meu trabalho, por isso vou publicar na internet. Também estou saturado do quadrinho autoral, sério, reflexivo, poético e profundo. Quero ler e (se tudo conspirar a favor) fazer histórias simples, bestas e nada profundas. Vamos ver se consigo não ficar apenas do discurso. Até! =)

Pindura 2011

Lançamento do calendário ilustrado Pindura em São Paulo (dia 4 de dezembro, sábado, das 19h às 22h, na loja MeGusta, que fica na rua Augusta, 2046, perto da Paulista). Abaixo uma das minhas ilustras demoníacas para esta edição:

Como foi o Riocomicon

Foi muito bom ir ao Rio, ver e rever tanta gente (Gabriel Bá, Fábio Moon, Guilherme Kroll, Will, Elcerdo, Cadu, Caliman, Eloyr, Guazzelli, Tainan Rocha, Weberson Santiago, Fábio Lyra, Mário Cesar, Lobo, Raphael Salimena, Delfin, Marcos Marz, Mauricio Planel, Daniel Esteves, Estevão Ribeiro e outros tantos que nem consegui falar, por pura timidez, como sempre). Foi muito importante pra mim ver meus trabalhos expostos: muita gente viu, leu, comentou (foi interessante ficar de tocáia vendo a reação das pessoas). Para uma alguém como eu, com baixa auto-estima, é muito revigorante: volto renovado. Obrigado Elcerdo pela oportunidade.

Quadrinhos independentes

Fábio Zimbres: “Não desprezo o mercado, mas não faço dos quadrinhos o meu ganha-pão. Trabalho como designer gráfico e gosto de ter a liberdade de poder fazer o que eu quero, como eu quero, no tempo que dá. Minha indepedência eu chamo de liberdade.” (Gibizada)