Então…

Resolvi mudar o layout do site. Essa foi minha espécie de faxina de fim de ano.

Eu sei que está fora de moda manter um blog. As pessoas estão usando mais facebook, netflix e youtube. Então quem liga para um layout novo? Eu também não ligo. Mas não é o visual em si. É aquela coisa do caderno novo no início do ano letivo, sabe? Tudo em branco. Cheiro de papel novo. Vontade de recomeçar. De tentar algo novo.

Quero ler mais este ano. Quero fazer mais quadrinhos. Quero deixar de ter preguiça de acordar cedo. Quero fazer mais e, se possível, melhor.

Então, bora desenhar?

Confissões de novembro

1) Estou lendo algumas obras que sempre adiei a leitura (ou li uma coisa ou outra de maneira esparsa) como Sandman, as graphics novels do Will Eisner e as histórias curtas de Adrian Tomine. 2) Descobri que consigo viver sem desenhar, mas a vida fica bem sem graça. 3) Estou voltando a fazer histórias curtas, projeto que dei uma pausa há alguns meses para tentar preencher algumas lacunas em minha formação quadrinística (leia-se perder meses lendo e fazendo anotações, achando que a teoria pode substituir a prática). 4) Ainda tenho muito medo de falhar, mas já consigo olhar para dentro do abismo.