Refazer e trabalhar mais nos rascunhos

Um desenho pode nascer torto, feio e ruim. Deixá-lo assim é uma opção. A alternativa é refazê-lo até ele ficar melhor (ou você desistir e aceitar que seu máximo é aquilo mesmo).

Acho que a premissa é que a cada nova versão de um desenho você entende mais o seu tema. A cada novo olhar, você enxerga aquele mundo com mais profundidade.

Nesta HQ, adiei a arte-final ao máximo. Queria o rascunho totalmente definido. Isso implicou em refazer alguns desenhos. O que foi uma ótima experiência.

Desenho de observação: dica de site

Fiz durante alguns meses desenho de observação com modelo vivo. Foi uma experiência boa para soltar um pouco o traço.

Apesar de não ser a mesma experiência, tenho gostado de usar o SketchDaily como substituto dessas aulas. O site é simples, intuitivo e tem um acervo grande de fotos. Fica a dica.

Estou tentando manter a disciplina de fazer pelo menos uma sessão de 15 minutos por dia só com esse tipo de treino.

Conhece mais algum site parecido? Comente ai com suas experiências e dicas sobre o assunto. Até!

Composição em tirinhas

Sem pretenção de escrever um tutorial, gostaria de destacar algo que venho observado (e usado) nos meus últimos trabalhos: a relação entre manchas claras e escuras em um quadrinho. Explico: até bem pouco tempo eu tentava entupir todos os quadrinhos com desenhos, pensando que assim estava criando uma composição melhor. Hoje tenho usado uma estratégia diferente, os personagens (ou cenários) ocupam em média apenas 25% da área total de um quadrinho. Também tenho usado somente a metade inferior do quadro para os desenhos importantes.

Manchas dos personagens em relação ao fundo.
Manchas escuras e divisão do espaço nos quadrinhos.

Quero experimentar reduzir ainda mais a porcentagem de manchas escuras nos quadrinhos. Não sei se essa mesma lógica se aplicaria a páginas ou a traços mais complexos. Mas é algo que tem funcionado pra mim: tanto que comecei a rafear as páginas primeiro jogando as manchas pretas, para depois ir detalhando.